Política

Lula: “Vamos ter mais emprego, mais salário, mais educação, mais cultura, mais lazer e vamos ter mais prazer”

Presidente afirma que 2024 é o ano da colheita e que o Brasil voltará a ser um país próspero e feliz

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em entrevista ao jornalista César Filho no programa “SBT Brasil”, falou sobre as ações do Governo Federal para impulsionar a economia brasileira, combater a fome no país e investir na educação como forma de reduzir a criminalidade.

Lula destacou a importância de cuidar dos mais pobres para fazer a economia crescer e fortalecer o Brasil no cenário internacional. Ele ressaltou que 2024 é o ano em que o país começará a colher os frutos das políticas implementadas, prometendo mais emprego, salário, educação, cultura, lazer e prazer para os brasileiros.

Colheita das melhorias promovidas pelo Governo Federal


Lula afirmou que este ano marca o início da colheita das melhorias promovidas pelo Governo Federal. Ele mencionou mais de 86 políticas de inclusão social lançadas, além de investimentos no agronegócio, agricultura familiar, política industrial e a recuperação do prestígio internacional do Brasil. O ex-presidente ressaltou a meta de acabar com a fome no país e citou avanços significativos no aumento do salário mínimo e na melhoria da merenda escolar.

Aumento do salário mínimo e da massa salarial


Lula destacou que nos últimos dois anos houve aumento consecutivo do salário mínimo, após seis anos sem reajuste. Ele ressaltou que a merenda escolar também teve um aumento de 39% após seis anos sem reajustes. Além disso, a massa salarial teve um aumento de 11,7% em 2023. O ex-presidente enfatizou que 87% dos acordos salariais feitos no mesmo ano tiveram aumento real acima da inflação, demonstrando uma melhoria significativa na situação salarial dos brasileiros.

Investimento na educação e expansão dos Institutos Federais


Lula ressaltou a importância do investimento na educação e anunciou a expansão dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) do Governo Federal em todas as 27 unidades da Federação. Ele destacou a necessidade de os jovens brasileiros estudarem para terem uma profissão e evitarem o envolvimento com drogas e o crime organizado. O ex-presidente mencionou que seriam anunciadas mais 100 escolas técnicas no país, reforçando o compromisso com a educação e o futuro da juventude brasileira.

Perspectivas para a economia brasileira


Lula falou sobre suas perspectivas para a economia brasileira, enfatizando que seu objetivo é fortalecer a economia, aumentar os salários, gerar mais empregos e promover a participação das pessoas no consumo da sociedade brasileira. Ele ressaltou a necessidade de baratear produtos e alimentos para impulsionar a economia. O ex-presidente mencionou o salto de qualidade do Brasil na capacidade de comércio exterior, com a abertura de 68 novos mercados para a carne brasileira. Ele expressou confiança de que as melhorias implementadas se refletirão no bem-estar da sociedade.

Combate à fome e incentivo à educação


Lula destacou a importância de acabar com a fome no Brasil, afirmando que a falta de recursos é a principal causa da falta de comida na mesa das pessoas. Ele ressaltou a necessidade de investir na produção agrícola e garantir recursos para que as pessoas possam comprar alimentos. Além disso, o ex-presidente mencionou um programa de incentivo para que jovens de famílias pobres não abandonem os estudos, oferecendo uma poupança de R$ 200 por mês durante 10 meses, desde que o estudante tenha bom desempenho escolar.

Conclusão


Lula encerrou a entrevista com uma mensagem de otimismo para a população brasileira. Ele ressaltou que, independentemente de diferenças políticas, o objetivo é fazer do Brasil um país feliz para se viver, com mais emprego, salário, educação, cultura, lazer e prazer.

Com Brasil 247

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo