ParaíbaPolícia

Homem suspeito de matar gerente em João Pessoa premeditou o crime

Uma tragédia chocou os moradores de João Pessoa (PB) nesta sexta-feira (12), quando uma gerente de um restaurante localizado no Mangabeira Shopping foi morta a tiros enquanto trabalhava. A Polícia Civil suspeita que o crime tenha sido premeditado.

A vítima, identificada como Mayara Valeria Barros, de 37 anos, foi atingida por dois disparos efetuados por Luiz Carlos Rodrigues, de 47 anos. Segundo o delegado André Macedo, o suspeito afirmou que cometeu o crime após ter sido mal atendido pela gerente. Ele teria tentado obter uma vaga de emprego e, ao não receber resposta, planejou e executou o ataque.

No total, Luiz Carlos efetuou seis disparos contra a vítima. Após o crime, a polícia apreendeu o revólver calibre .38 utilizado no assassinato, juntamente com 38 munições intactas. Durante o depoimento, o suspeito confessou que a arma era de sua propriedade.

Mayara recebeu os primeiros atendimentos na enfermaria do shopping, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e veio a falecer. O suspeito, por sua vez, enfrentará diversas acusações, incluindo homicídio, tentativa de homicídio contra policiais e homicídio qualificado por motivo fútil. Ainda está em análise a possibilidade de inclusão de outras qualificadoras.

O delegado responsável pelo caso explicou que o procedimento de flagrante já foi realizado e que o suspeito passará pelo exame de corpo de delito antes de comparecer à audiência de custódia, que está prevista para ocorrer no dia seguinte

Com DCM

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo