Variedades

CONIB censura judicialmente postagens de Breno Altman

A Confederação Israelita do Brasil (CONIB) obteve uma decisão judicial para censurar postagens do jornalista Breno Altman em suas redes sociais. A entidade alega que as publicações de Altman continham conteúdo difamatório e ofensivo, além de acusações infundadas contra a comunidade judaica.

A decisão judicial determinou a remoção imediata das postagens consideradas ofensivas e a proibição de que Altman faça novas publicações com teor semelhante. Além disso, o jornalista foi condenado ao pagamento de uma multa em caso de descumprimento da ordem.

É importante ressaltar que a censura judicial levanta discussões acerca da liberdade de expressão e do direito à crítica. A decisão judicial em questão restringe a manifestação do jornalista e impõe limites à sua liberdade de expressão.

A CONIB, por sua vez, defende que a ação judicial se faz necessária para proteger a honra e a imagem da comunidade judaica, alegando que as postagens de Altman continham informações falsas e prejudiciais.

Com DCM

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo